Não encarar a vida ou se esconder dela não é a solução

Algumas pessoas se escondem da vida, sentem medo quando estão em evidência e são o foco do olhar dos outros. Por exemplo:

  • Medo de acontecer algo ruim, de sofrer;
  • Ter que assumir uma posição e as conseqüências das suas decisões;
  • Receio dos julgamentos, vergonha.

A pessoa que busca ser invisível costuma ter muitos problemas de autoestima. Sente mais tristeza, solidão, como se estivesse aprisionado dentro dos seus próprios medos (na maioria das vezes, quase todos criados, sem lógica com a realidade). Quase sempre a pessoa não se permite dizer o que quer ou não gosta, deixa os outros “passarem por cima” e tomarem decisões por ela. É como se ela não fosse dona da própria vida.

A solução não é se fechar. É preciso entender que passar pela dor e enfrentar dificuldades faz parte do viver e amadurecer. Só encarando o que “não está legal” é que a pessoa vai conseguir sentir os verdadeiros e reais prazeres da vida. Para isso precisa:

  • Entender os próprios medos e enfrentá-los (é muito importante buscar o tratamento com o psicólogo nesse momento).
  • Aos poucos, tentar se arriscar, aumentando o autoconhecimento, podendo falar sobre as próprias vontades.
  • Lidar com a frustração de não ser aceito e aprovado por todos, entendendo que isso é normal (trabalhar a auto-estima).
  • Não existe perfeição (não se sentir pior ou inferior aos demais; pensamento negativo faz a pessoa perder a força para lutar por si e reconhecer as próprias qualidades).

11 COMENTÁRIOS

  1. Me identifiquei muito com o que está escrito, mas ter consciência e conseguir mudar a crenca e comportamento tem sido muito dificil.quase impossível.Minha mente eh minha maior inimiga…como gostar de viver?

  2. Eu tenho medo d viver d encarar certas realidades q em mim nao estao do jeito q gostaria,to sempre numa relacao nao correspondida dpois d m apaixonar habituar e ele s afasta d mim…nao eh a primeira relacao com a mesma historia. M sinto feia gorda e ja n vjo o motivo d cntinuar a viver. E hje ja tenho 28 abos de idade. Kdo dnovo vo cnhecer alguem m apaixonar viver fazer planos ter filhos casa? Sinto k n tenho mais tempo p isso.

  3. Ando fugindo de todos, medo que não seja capaz, é horrível, me sinto incomodado até em ter que ver e conversar com alguém mesmo que seja conhecido, vontade de morrer mas sem coragem de me suicidar, muito medo do futuro, fico apreensivo é terrível essa sensação, uma tortura, odeio a vida é esse mundo, não queria ter nascido.

  4. Me identifiquei com o texto, tenho muito medo de enfrentar a vida, nos momentos de tomar decisões. Eu. Tenho Depressão e nos momentos de crise fico muito dependente da minha esposa e meu irmão, fico como estivesse pisando em caco de vidro em outras palavras , só pensa em tirar minha vida. Agora quanto eu estou fora dá crise e a minha vida está numa boa eu me sinto uma pessoa alegre, produtiva , criativa. Portanto quando os problemas chega e eles demora acontecer a ansiedade aumenta comeco a perder o sono, a tristeza chega, falta de apetite , aí eu sei que uma nova crise chegou e eu logo perdi o chão, fico desesperado

  5. Eu me identifiquei demais com muito aqui escrito. Sou casado mas ando com muitas dificuldades na vida . Sinto que preciso de ajuda mas não sei por onde começar

  6. Oi, boa tarde, eu conheço uma pessoa que enfrenta esse mesmo medo, alguem teria alguma dica de como tratar e se relacionar com essa pessoa? Obrigado

  7. Olá. Tenho 18 anos, e tenho medo/ fobia de encarar a vida. Terminei a escola, e foi a onde tudo começou. Não consigo emprego, e quando vou a alguma entrevista me sinto perdida e deslocada. Pareçe que não sirvo pra nada, só pra cuidar da casa, e ficar deitada o dia inteiro. Me sinto excluida da sociedade. É como se todos ao me redor me olhassem e dissem que não presto pra nada. Que não tenho competencia. Me sinto mal com isso. Me casei aos 16 anos, e não não estava gravida, me casei por medo de ficar sozinha. Amo ele de mais. Mais o principal motivo de ter me casado, era o medo de me sentir e ficar sozinha. Acho que me sinto assim por meu pai ter me deixado quando pequena, e minha mae ter se casado novamente e me deixado com minha tia. Deve ser isso não sei. Sei que me sinto sufocada, sem vontade de viver. Ja.me mutilei varias vezes pra ver se esse sufoco passase, mas nunca sumiu. Sempre vai estar aqui. Hoje meu marido veio com uma proposta de eu trabalhar com ele. Fiquei animada, porem logo em seguida ja veio o medo, o aperto no peito a vontade de chorar e ficar trancada no quarto. Nao sei o que tenho, eu só sinto que não estou pronta pra vida.

  8. Acabei de termina o ensino médio e tenho muito medo do meu futuro, não consigo encarar as pessoas, qualquer tipo de responsabilidade que me é dada ja fico nervosa com medo de fazer tudo errado e as pessoas rirem de mim, tem medomedo de enquarar a vida

  9. Não consigo encarar as pessoas, qualquer tipo de responsabilidade que me é dada ja fico nervosa com medo de fazer tudo errado e as pessoas rirem de mim, tem medomedo de enquarar a vida

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor informe seu nome