Quando a pessoa percebe que o amado(a) tem defeitos

No começo do relacionamento as pessoas costumam idealizar o seu parceiro. Enxerga o namorado cheio de qualidades (imagina virtudes que às vezes ele não possui). Isso acontece porque a pessoa projeta no seu amado aquilo que ela deseja e gostaria.

Com o tempo, algumas frustrações podem surgir. A pessoa percebe que o companheiro não é “bem aquilo” que ela imagina. Nesse momento pode surgir conflitos e decepções. A pessoa pode se magoar, sentir-se traída. Assim como todo mundo, o seu amado não é perfeito e tem defeitos. Tem que pesar os pontos positivos e negativos, entendendo se é possível gostar do outro do jeito que ele realmente é:

  • As qualidades superam os defeitos do seu companheiro?
  • Os defeitos do parceiro vão contra os seus valores?
  • Você consegue conviver com esses defeitos?

É importante lembrar que a perfeição não faz parte de um relacionamento e nem do ser humano. Exigir que o outro não tenha suas dificuldades é complicado.

É importante a comunicação entre o casal:

  • Falar aquilo que incomoda e que gostaria que o parceiro melhorasse;
  • Dizer o que a magoa e situações que não está de acordo;
  • Sinalizar e estabelecer limites no relacionamento;

Para a construção do relacionamento saudável, é importante que o casal encare e lide com os problemas, que escute o que o outro tem a dizer, que tente melhorar o comportamento, demonstre respeito e interesse pelo companheiro, buscando amadurecer juntos.

É indicado o acompanhamento com o psicólogo quando a pessoa tem dificuldade de aceitar que nenhum parceiro amoroso será perfeito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor informe seu nome