Sufoca o outro sempre querendo ele (a) ao seu lado / Sobrecarrega o companheiro(a) com seus pedidos

Algumas pessoas sufocam os seus namorados / esposas, exigindo excessiva atenção e carinho. Por mais que o parceiro demonstre o amor e seja afetuoso, parece que não é o suficiente para a pessoa. Ela aumenta cada vez mais as suas reclamações e cobranças.

Quando a pessoa é insegura, carente e com baixa autoestima, ela pode se tornar controladora, invadindo o espaço do amado. Com o passar do tempo, o parceiro percebe os   prejuízos dessas exigências, percebe que é cobrado a “abrir mão” de si mesmo por causa das pressões da pessoa. Dessa forma, o comportamento da pessoa pode fazer com que companheiro se canse e reavalie se deseja permanecer nessa relação sufocante.

É importante a pessoa se questionar:

  • Sinto necessidade de sempre agradar o meu namorada / marido por medo dele se afastar ou me abandonar?
  • Responsabilizo meu companheiro pela minha felicidade e “boa” autoestima?
  • Cobro os meus gestos de carinho, como se o meu parceiro tivesse que “pagar por tudo” o que eu faço?
  • Reconheço o amor e o carinho que o meu companheiro demonstra?

Não é saudável tornar o outro “tudo para você”, como se você não fosse capaz de viver ou ser feliz sem ele. Também não é positivo tentar “ser tudo para o outro”, como se ele tivesse que estar feliz somente quando você estiver ao seu lado.

É importante sinalizar e dizer ao seu companheiro o que gostaria que ele fizesse, e também falar o que te incomoda. Mas antes de expor os seus sentimentos, avalie se o que está querendo pedir e dizer é realmente saudável e sensato.  É um problema quando a pessoa quer “aprisionar” seu namorado / esposa, impedindo que ele tenha privacidade, amigos ou alegrias sem ela ao lado dele.

Invadir o espaço do outro é negativo. Se o companheiro não tiver o tempo e espaço para viver e demonstrar o carinho dele por você, ele pode nunca ter a iniciativa e a espontaneidade de dizer o quanto gosta de você. Isso sim pode levar ele a não te valorizar.

É importante se valorizar e curtir os momentos sem o namorado / esposa. É indicado o acompanhamento com o psicólogo caso tenha a sensação de dependência pelo companheiro, como se você fosse “refém” dos seus medos na relação amorosa.

2 COMENTÁRIOS

  1. Infelizmente estou a viver isso. Meu noivo encontra-se no Exterior do país onde está a terminar seus estudos e vive me sufocando com cobranças. Ele quer mesmo saber de todo o itinerário que faço durante o dia. Eu acho que estou a agir bem e quando menos espero ele diz que faço tudo errado.
    Tenho medo do futuro da nação relação…
    O que faço ajudem-me por favor…

  2. Nossa eu sei bem o que é uma pessoa ti sufocar ti fazer entender que a opinião dela é a que mais importa.
    Me casei muito nova e tive filha com o meu ex ele me proibiu até de ir á casa dos meus pais, me fez acreditar nas mentiras que ele me falava. Depois de um tempo conheci o meu esposo e estou me sentindo o pior ser- humano por está cobrando dele demais, e sinto que faço muitas coisas que o meu ex marido fez comigo, eu não aguento mais esse sentimento de achar que ele só tem que ser feliz comigo, que eu sou á única mulher que pode fazer ele feliz, quando alguma mulher bonita chega perto eu já fico muito cismada e quando ele olha para ela a minha vontade é de furar os olhos dele. Me ajudem eu não aguento mais isso, se ele não me abraça eu choro, se ele não me beija eu choro mais ainda. E eu não quero engravidar e ele quer ter um filho, mais penso pra quê ter filho, preciso me curar dessa loucura que estou sentindo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor informe seu nome