“É óbvio, como ele não entendeu?” / O que está claro para você, pode não estar para o outro

As pessoas são criadas, pensam e aprendem de formas diferentes, por isso o que é óbvio para um, pode não ser para o outro.

É possível acontecer desentendimentos mesmo quando a pessoa tenta falar de forma “clara”. Mas, normalmente, os grandes problemas ocorrem quando se espera que o outro entenda apenas com sinais e indiretas. Nesse caso, é importante perceber que o outro não entende porque a pessoa não está comunicando o que deseja.

Essa falha (ou falta) de comunicação pode levar a perder oportunidades profissionais, a conflitos nos relacionamentos, a mágoas e desentendimentos. Exemplo:

  • A esposa fala para o marido “vamos dormir”, mas na verdade está querendo ter relação sexual. O marido entende que ela quer dormir, e como ele não está com sono, ele diz “depois eu vou”.
  • O funcionário deixa de dar uma ideia no seu trabalho porque parece muito óbvia. Mas depois observa o colega se destacar por falar essa mesma ideia em outro momento. Nesses casos, é comum se arrepender de não ter dito o que parecia óbvio.

É importante refletir:

  • Será que você está sendo óbvio e claro na sua comunicação? Está falando com todas as palavras o que quer dizer?
  • Há alguma dificuldade em dizer aos outros o que deseja? Por que?

Provavelmente você também já deixou de entender alguns “sinais” de alguém. Normalmente é difícil adivinhar se não disserem o que exatamente querem, não é mesmo?

Pode ser muito complicado economizar palavras. Algumas vezes a pessoa fica reclamando e falando mal do outro, como se ele fosse um problema. Mas ele não tem como adivinhar o que está acontecendo ou o que a pessoa está pensando.

Em vez de aguardar o outro entender o quer dizer, diga de forma clara. Pense, tenha tempo e paciência para falar com o outro. Fale com todas as palavras o que quer (de forma objetiva e assertiva). Quando essas questões prejudicam a vida da pessoa, é importante o acompanhamento com o psicólogo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor informe seu nome