Como a ansiedade atrapalha na hora da paquera? / Superando inseguranças

Durante a paquera é natural sentir um pouco de ansiedade, não há nada de errado nisso. O problema é quando a pessoa fica muito ansiosa a ponto de se sentir insegura para conversar com quem está interessada, acreditando que falará besteira ou então que o outro não a achará “boa o bastante”. A carência também pode ser complicada, gerando grandes expectativas quando ainda está conhecendo o pretendente. Essas dificuldades podem levar “tudo a perder” durante a conquista. O grande segredo está na pessoa saber administrar as emoções e os pensamentos para se sentir mais segura e confiante.

Alguns se cobram muito, acreditam que é necessário determinados padrões de beleza, inteligência e condição financeira, … mas não existem pessoas perfeitas! Com tantas exigências e críticas, a pessoa passa a ser a sua pior inimiga. Desvaloriza e denigre a sua própria imagem.  Enxerga apenas os seus “defeitos” e dificuldades, e assim esquece de ver seu potencial. Não vê como ser interessante e atraente, sabotando as oportunidades de ser paquerada ou de flertar com alguém. Fica tão insegura que, em vez de mostrar as qualidades, acaba demonstrando essa falta de autoconfiança. Essa insegurança pode  enviar mensagens erradas para o possível pretendente.

Sem perceber, ela cria um muro entre ela e os possíveis (bons) pretendentes. A “crença negativa sobre si” atrapalha, gerando ansiedade e insegurança na hora da paquera:

  • Lembra dos momentos que não deu certo, que levou um fora
  • Pensa que não saberá o que dizer na hora ou que falará besteira e irá gaguejar
  • Sente medo de ser rejeitada e se machucar. Medo de se sentir “fracassada”.

Aí as angústias aparecem:

  • Algumas pessoas  não suportam a ideia de serem rejeitadas porque acreditam que a rejeição seria a confirmação de “não serem boas o bastante”. Por esse motivo, muitas se fecham e evitam tentar uma relação. Desta maneira não percebe quando está sendo paquerada por alguém, a insegurança a cega.
  • Outras ficam ansiosas para que alguém diga o contrário, fale que “elas podem ser desejáveis”. Essas pessoas costumam ser carentes, criando muitas expectativas. Imaginam que um relacionamento irá transformar as suas vidas. A ansiedade faz com que a pessoa já torne o outro (que conhece a pouco tempo) em seu príncipe encantado ou em sua princesa. Ela não consegue “dar tempo ao tempo” e relaxar, curtir o momento da conquista. Isso gera grande pressão para o pretendente, sobrecarregando de responsabilidades que não são dele. A dependência e carência são sufocantes.

Desse modo, perde oportunidades e possíveis relacionamentos bacanas. A pressa de que alguém a ame e a falta de autoconfiança podem levar a relacionamentos destrutivos. Por isso é importante refletir:

  • Como será que você se sente com você mesmo?
  • Você se trata com respeito? O que você costuma falar para você mesmo?

A pessoa pode ser legal e super interessante, mas ela passa despercebida porque não consegue reconhecer o seu próprio valor, ela se anula. É preciso entender que quando a pessoa está bem com ela mesma, ela irradia “luz”, mesmo não sendo a pessoa mais bonita, mais inteligente ou mais engraçada do local em que ela está. O fato de ela estar bem consigo mesma, ajuda a ela passar uma mensagem positiva para os outros.

Dicas:

  • Fique atento aos seus pensamentos, eles tem que te ajudar, fazer com que você se sinta seguro – corte os pensamentos que te colocam para baixo e substitua por pensamentos positivos. Valorize-se, não se diminua.
  • Se buscar sempre aprovação, e não se arriscar, será difícil conhecer alguém legal. Só irá saber se dará certo tentando e arriscando. Se não tentar, nada vai acontecer.

É natural ter um turbilhão de sensações e emoções no momento da paquera, mas é importante não focar tanto em si. O interessante é curtir a situação, sem tantas expectativas. Se rolar, rolou, senão, terão outras oportunidades… Se a ansiedade continuar, é indicado o acompanhamento com o psicólogo, ele ajudará a pessoa se sentir mais segura e baixar o nível de ansiedade.

4 COMENTÁRIOS

  1. Eu sei com isso é estranho e ruim . Passo por isso é me sinto mal . As pessoas vivem me perguntando pq vc não namora ? E eu não sei explicar direito

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor informe seu nome