Elogio é fonte de motivação / Diferença entre elogio positivo e negativo

O elogio é muito importante, um ótimo recurso para incentivar a pessoa melhorar o seu comportamento, o desempenho nas suas atividades pessoais, acadêmicas ou profissionais. Mas alguns não costumam elogiar o seu colega de trabalho ou funcionário, seus filhos, seu esposo (a) ou namorado (a). Esses não reconhecem o esforço e dedicação da pessoa, as suas tentativas ou realizações não são valorizadas. Ao invés de elogiar, cobram e exigem coisas que a pessoa ainda não está preparada, não sabe, não tentou ou não teve tempo para fazer, podendo gerar nela desmotivação e sensação de fracasso, de que “nunca é o suficiente”, levando-a a pensar que não vale a pena continuar tentando, que é melhor “chutar o balde” e desistir.

Podem surgir inseguranças e pensamentos negativos que “ela não é boa o bastante”, duvidando do seu potencial, perdendo o brilho e o ânimo para as coisas. A falta de reconhecimento ou elogio pode gerar efeitos negativos na pessoa, como por exemplo:

  • Ficar rancorosa e mal-humorada, perdendo a vontade, acomodada e desleixada por não se sentir valorizada.
  • Fica “perdida”, não sabendo o que fazer, pois não entende se está seguindo o caminho certo ou não, se deve ou não continuar fazendo as mesmas coisas.
  • Por se sentir insegura, começa a disputar (seja com os colegas, namorado, esposa, …), competindo de forma negativa com aqueles que estão ao seu lado ou com quem não a valoriza.

O elogio é um grande aliado para que a pessoa se mantenha com autoconfiança em situações difíceis, para que ela fique mais resistente e fortalecida para lidar com os obstáculos, estresses e pressões do dia a dia. Mas é claro que a pessoa não pode ser movida apenas por elogios, até mesmo porque nem sempre os outros acharão interessante   ou merecedora de elogios o que ela fez. A motivação deve partir principalmente de dentro, sendo a própria pessoa a sua maior incentivadora, confiando e elogiando a si mesma a cada pequena conquista.

Mas quando se trata de elogiar alguém, é importante que seja sincero. Não é “bacana” elogiar a “troco de nada”. 

  • Elogio sincero e de forma adequada: Elogia porque realmente percebe algo legal ou uma qualidade que vale a pena dizer, sem a intenção de ganhar algo em troca ou puxar o saco. Elogia de forma clara e objetiva, valorizando as ações, esforço e dedicação que levaram ao resultado positivo ou negativo (sim, porque também é importante elogiar aquele que não atingiu o sucesso, mas demonstrou empenho durante o processo).
  • Elogio superficial, falso ou desproporcional: Elogios que foquem apenas superficialidades, que sejam exagerados, em excesso ou que fogem à realidade podem ter efeito negativo. Quem recebe muito esses tipos de elogios, pode acreditar que não é necessário se esforçar ou se dedicar para conseguir as coisas. O senso de autocrítica pode ficar distorcido, achando que sabe mais do que realmente sabe, que é melhor do que realmente é, ficando prepotente e com dificuldade de aceitar críticas. Não percebe que as suas ações (ou falta de ações) influenciam nos resultados de suas conquistas ou fracassos.  Espera ser elogiado mesmo não fazendo nada para merecer. Dessa forma, é comum apresentar dificuldade nos seus relacionamentos, como também costuma demonstrar imaturidade, interferindo no seu crescimento profissional e pessoal.

Os elogios são valiosos, mas precisam ser ditos com sabedoria e com a intenção de não querer receber algo em troca. O elogio verdadeiro facilita as relações, estimula pessoas a darem o seu melhor, a se sentirem seguras mesmo que errem. É indicado o acompanhamento com psicólogo quando a pessoa tem dificuldade de elogiar a si mesma ou quando tem dificuldade de reconhecer as suas conquistas, quando tem dificuldade em se sentir feliz com o próprio esforço ou dedicação, ou então quando fica desmotivada ou dependente dos elogios dos outros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor informe seu nome